Blog Escola Infantil Janelinha

A pandemia trouxe mudanças significativas na nossa vida e, principalmente na das crianças. Isso porque o distanciamento social implicou no fechamento das escolas, interferindo na rotina e nas relações interpessoais, da infância. Nesse contexto de isolamento – sobretudo vivenciando com mais intensidade o mundo dos adultos que trabalham em casa, algumas crianças podem apresentar as mais diferentes reações emocionais e alterações comportamentais. Essas reações, tais como dificuldade de concentração, irritabilidade, inquietação, medo, tédio, sentimento de solidão, além das alterações no sono e na alimentação, de modo geral, são esperadas frente ao atual cenário que estamos vivendo. É importante, portanto, a família olhar para os sintomas, como reações “adaptativas”.

Contudo sabemos que nem sempre é fácil administrar esses comportamentos, pois os familiares também estão envolvidos com suas demandas, como o “dar conta” do home office, da escola na casa, de todo um convívio familiar intensificado pela pandemia. É importante salientar, que quando a família perceber a existência de sofrimento e que está sendo muito difícil manejar essas alterações, a ajuda de um profissional faz-se necessário.

Como estratégia para enfrentar o período de pandemia, é sugerido organizar a rotina, respeitando as características de cada família e, mantendo o mais próximo possível da rotina habitual da escola. A rotina atua como um fator protetivo contra o surgimento de sintomas relacionados, ao estresse e ansiedade. Não pode ser rígida, engessada e deve contemplar os horários para dormir e acordar, para fazer as refeições, as atividades online da escola, os momentos para as brincadeiras e, até mesmo para acesso as telas, como TV e smartfhone (adequando o tempo diário de acordo com idade, a qualidade e adequação dos conteúdos).

Além disso, proporcionar momentos de atividade, nos quais as crianças possam usar o corpo, se movimentar, pular e dançar é fundamental para o bom desenvolvimento cognitivo, motor e emocional dos pequenos. Outra boa estratégia é promover que as crianças participem de pequenas tarefas domésticas, desenvolvendo a autonomia e o senso de responsabilidade.

Por fim, é indicado que as famílias mantenham com a criança o diálogo e a acolhida de seus sentimentos, ajudando-os a decifrar e entender suas emoções. Sobretudo, sinalizar para as crianças, independente da idade, que o papai e/ou a mamãe também ficam tristes e sentem saudades de amigos e familiares é uma atitude que constrói empatia e educa-os para a vida.

Tatiana Jeckel – Psicóloga

 

Contos e Fábulas

Olá queridos leitores do nosso blog, como todos estão cientes estamos vivenciando tempos de enormes desafios, ansiedade e reconstrução. As Escolas Infantil Janelinha e Villa Kids embarcaram nesta aventura de reconstruir, ampliar e desenvolver as relações e o desenvolvimento dos nossos pequenos. Uma de nossas estratégias é a de elaborar momentos/aulas online com temáticas diversas e que favoreçam os objetivos de manter as relações afetivas e continuar o processo de desenvolvimento e aprendizagem. Pois bem nas linhas que se seguem passo a relatar a experiência da semana referente de 6 até 10 de julho cuja a temática geral foram as fábulas.

     A turma de Jardim das Escolas Infantil Janelinha trabalhou com a fábula O leão e o ratinho.    Esta fábula trás reflexões sobre honestidade, solidariedade, habilidades, coragem, diversidade, entre outros aspectos.

     Durante o desenvolvimento da sequência didática a turma conheceu a fábula, foi desafiada a realizar suas interpretações, a se colocarem no lugar dos personagens, através de perguntas como o que poderia ter acontecido ao leão se o ratinho não cumprisse sua promessa? O que o leão apreendeu?

     A partir desta premissa muitos momentos e oportunidades de desenvolvimento foram oferecidos, a turma “pesquisou” sobre um dos animais da fábula e apresentaram suas descobertas com livrinhos e cartazes, com objetos e utensílios de casa as crianças foram desafiadas a criar melodias (sons) para os momentos emblemáticos da fábula, o que proporciona uma gama de conhecimentos relacionados às emoções e propriedades do som por exemplo.

     Finalizando habilidades motoras e de criatividade também foram contempladas com atividades que envolveram brincadeiras tais como desembrulhar os pais de um lençol (uma representação da cena em que o ratinho salva o leão da rede do caçador), traçados e colagens representando o leão preso e o caminho percorrido pelo ratinho. Fechamos a semana com a confecção de uma massa de modelar caseira.

     Viram? Nossa semana foi divertida e cheia de momentos preciosos, muito bom encontrar cada um de vocês grande abraço até o próximo encontro

Beijos profe Tati!

Vem pra Janelinha em 2020! Estamos situados em uma casa segura e acolhedora, onde bebês e crianças poderão viver seu pleno potencial, com toda tranquilidade que a infância merece! Fazem parte do currículo, experiências sensoriais e investigativas, oficinas de horticultura, culinária, inglês, yoga, musica e teatralidade. A Educação Alimentar também faz parte do currículo e o nosso cardápio é saudável e nutritivo. E, mais: aqui na Janelinha as famílias acompanham as atividades escolares em tempo real, porque a escola é a extensão do seu lar. Vem pra Janelinha: aqui se aprende, aqui se brinca, pois na nossa escola a infância é levada a sério.

Open chat